Japão descobre segredo para produzir sorvete que não derrete

E a magia é bem mais simples do que imaginávamos: é só usar morango

Cientistas japoneses descobriram nos morangos o segredo para produzir o sorvete que não derrete, um produto que já é vendido em sorveterias do Japão e que conserva sua forma e seu frescor apesar da exposição a altas temperaturas.

O ponto principal da fórmula está nos polifenóis naturais do morango, que “tem a característica de impedir que o óleo e a água presentes nos sorvetes se separem”, explicou à Agência Efe Saki Edamatsu, diretora de Comunicação do Centro de Pesquisa para o Desenvolvimento de Biotratamento de Kanagawa, proprietário da patente.

Com textura cremosa, estes sorvetes não derretem e mantêm sua forma, seja de uma flor, um pirulito ou de um urso Kumamon, como constatou a Efe em um dia em que os termômetros registravam 30 graus.

Algumas pessoas têm se atrevido a aquecê-lo artificialmente com secadores de cabelos e outros aparelhos, mas o resultado é o mesmo: não derrete.

Os polifenóis são compostos biossintetizados por plantas (seus frutos, sementes e talos) com propriedades antioxidantes e, no caso dos morangos, uma extraordinária capacidade de união entre óleo e água, dois elementos presentes nos sorvetes.

“Quando estão frias, as duas substâncias permanecem juntas, mas, quando se aquecem, se separam. Acrescentando o polifenol de morango é possível mantê-los unidos, porque impede a separação da água”, explicou Saki.

Após a boa aceitação no Japão, o Centro de Pesquisa para o Desenvolvimento de Biotratamento está pensando em iniciar vendas fora do país, mas por enquanto “não temos datas concretas” para o salto internacional destes sorvetes, disse Saki.

Carregando...